• Sobre o Acervo Digital

  • Voltar

Apresentação do Acervo Digital

O Acervo Digital reúne experiências, memórias e diagnósticos de pesquisadores e outros protagonistas de democracia constitucional brasileira e suas tendências críticas. As principais fontes do Acervo são entrevistas realizadas pela sua equipe e pela pesquisa Memória da Constituinte. Elas são completadas com materiais de pesquisa produzidos pelos entrevistados ou associados ao seu conteúdo.

A pesquisa do Acervo propõe-se a estabelecer frentes de diálogo entre pesquisadores, intelectuais e ativistas para apresentar informações relevantes e análises qualificadas, bem como organizar visões e propostas para auxiliar a reflexão e a divulgação de informações sobre a democracia constitucional brasileira. Com as ferramentas do Acervo é possível, localizar, de forma organizada, as pesquisas concluídas ou em andamento dos entrevistados, favorecendo o diálogo e facilitando a agenda de pesquisa em humanidades mais bem delineada no país.

O Acervo Digital adota política de acesso livre, para que seus resultados possam ser úteis como material didático e sejam amplamente divulgados em mídias digitais, de modo a servirem de fontes de informação para o público geral e a todos os interessados na defesa pública dos valores democráticos e da (re)construção de uma democracia constitucional e inclusiva no Brasil. Assim, sua vocação é constituir um espaço colaborativo e aberto de produção de pesquisas e intercâmbio de informações entre os pesquisadores associados.

O Acervo Digital começou a ser desenvolvido no Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (Cedec) em 2019, tendo como base a equipe da pesquisa que versou sobre a Memória da Constituinte, coordenada por Antônio Sérgio Carvalho Rocha e financiada pelo CNPq e pela Fapesp. Ao longo de 2020 e 2021, vem sendo implementada uma versão piloto do projeto do Acervo, o que permitiu aperfeiçoar a proposta inicial, implantar o site, realizar as primeiras entrevistas e validar a sua metodologia, entre outros pontos. O Acervo Digital é desenvolvido com a ferramenta Tainacan (https://tainacan.org/), empregada para organizar acervos de instituições de memória e culturais em plataforma WordPress. Para compor esse projeto-piloto, vêm sendo utilizadas duas fontes principais de informações: (i) materiais derivados da realização de entrevistas com pesquisadores do Cedec e (ii) os resultados da pesquisa Memória da Constituinte (parcialmente disponíveis em http://www.cedec.org.br/entrevistas/). Nesse período, as atividades contaram com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Unicamp, e foram realizadas em parceria com o Centro de Memória da Universidade Estadual de Campinas (CMU/Unicamp), com a atuação voluntária dos pesquisadores do Cedec, do Ceipoc-IFCH/Unicamp e do LECs/Unifesp.

Parceiros institucionais do Acervo Digital

Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (Cedec)

O Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (Cedec) é um centro de pesquisa, reflexão e ação, fundado em 1976. Constituído sob a forma de associação civil sem fins lucrativos, reúne intelectuais e pesquisadores, bem como realiza projetos de pesquisa, seminários, encontros e workshops. O Cedec dedica-se ao estudo das realidades brasileira e internacional. Suas atividades concentram-se em temas como direitos e justiça social, constituição e cidadania, instituições e práticas democráticas, políticas públicas, pensamento social e político, relações internacionais e integração regional. Também é responsável pela publicação da revista Lua Nova e dos Cadernos Cedec. Além do site, mantém o blog www.boletimluanova.org e organiza um podcast sobre suas atividades e pesquisa. Criou um grupo de pesquisadores sobre tecnologias digitais, direito e sociedade, que se integrará às atividades do projeto.

Grupo de Pesquisas em Direito e Política (GPD-Ceipoc/Unicamp)

O Grupo de Pesquisas em Direito e Política do Centro de Estudos Internacionais e de Política Contemporânea (GPD-Ceipoc/Unicamp) tem por objetivo de desenvolver pesquisas teóricas e empíricas sobre as relações entre política e direito, centradas particularmente em três grandes temas: pensamento constitucional, direito transnacional e direito e cidadania no Brasil. O grupo desenvolve seminários internos, atividades de extensão, como palestras, conferências e minicursos sobre os temas de suas pesquisas.

Laboratório de Estudos Constituintes (LECs-EFLCH/Unifesp)

O Laboratório de Estudos Constituintes (LECs), da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Unifesp-Guarulhos, foi criado pelo professor Antônio Sérgio Carvalho Rocha em 2016, para acolher e dar treinamento teórico e aplicado aos alunxs da graduação e da pós-graduação que se interessem em estudar e desenvolver trabalhos sobre instituições políticas e história política brasileira, com ênfase na subárea da Política Comparada conhecida como Processos Constituintes – seja aqueles acontecidos no Brasil (em especial, da Assembleia Constituinte de 1987-88), seja nos casos internacionais, datando da década de 70 do século passado (Portugal, Espanha, Grécia) até os casos mais recentes, como Bolívia, Colômbia, Equador, Egito.

Centro de Memória-Unicamp (CMU/Unicamp)

O Centro de Memória-Unicamp (CMU/Unicamp) é um órgão que integra a Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisa (Cocen), vinculado à Coordenadoria Geral da Universidade Estadual de Campinas. Volta-se à captação, organização, preservação, disponibilização e difusão de conjuntos documentais para a produção de pesquisas, elaboração de dissertações e teses acadêmicas e publicação de livros e periódicos de caráter interdisciplinar e com ênfase na articulação entre memória e história. Seu acervo é datado entre os séculos XVII e o XXI, organizado em 113 conjuntos documentais públicos e privados. Atua também em assessorias e consultorias na área de gestão de acervos. O Centro é formado por uma equipe multidisciplinar de servidores que atuam tanto junto ao acervo (Setores de Atendimento ao Usuário, Processamento Técnico e Documentação Digital, Laboratório de Conservação e Restauro e Pesquisa), quanto em áreas de apoio (Administração, Informática e Tecnologia da Informação, e Comunicação e Publicações).

Equipe

Andrei KoernerLucas Esteves de Souza
Bruno Ramos BraitMariele Troiano
Celly Cook InatomiOzias Paes Neves
Fernanda Gonçalves FerreiraPedro Henrique Vasques
João Paulo BertoRaquel Kritsch
Júlio CattaiWilson Vieira
Lígia Barros de FreitasYasmin Domingues de Oliveira
Lucas Baptista

Acesse aqui o Acervo Digital